Livros

Isso não é justo!! Quantas vezes essa frase indignada é pronunciada por crianças, adolescentes e adultos! Mas o que é justiça? A virtude mais excelente, a mais racional de todas as virtudes, a baliza de qualquer sistema social que pretenda ser sustentável: esse foi o foco de nossas reflexões neste livro. Nossos estudos logo evidenciaram que, para além das definições clássicas, a compreensão de cada indivíduo acerca do que vem a ser justiça varia de acordo com a forma como concebe a sociedade: de um ponto de vista egocêntrico, convencional ou verdadeiramente ético. Iniciamos o livro com uma discussão a respeito do conceito, passando da filosofia à psicologia e educação.  Na sequência, investigamos a adesão ou não ao valor justiça em crianças, adolescentes e educadores, buscando identificar se há uma progressão nas concepções. Chamou-nos atenção o fato de que há uma prevalência clara de uma visão convencional da justiça, mesmo para adultos. Por fim, tecemos considerações a respeito da prática educacional. Recuperamos experiências bem-sucedidas de educação que priorizaram o trabalho de constituição de uma sociedade justa, no exterior e no Brasil.  Convidamos pais e educadores a nos seguir nessa viagem que, para as autoras, foi muito prazerosa. Esperamos que, da mesma forma, a leitura seja proveitosa a todos!

 

  • ISBN: 978-85-7913-422-7
  • Número de páginas: 120
  • Editora: Adonis
  • Formato: 13x19,5 cm
  • Organizadores: Luciene Regina Paulino Tognetta, Maria Suzana De Stefano Menin

Você pode gostar também

As relações étnicas são temas complexos e por isso, faz-se necessário que os profissionais envolvidos na formação das crianças sejam sensibilizados acerca da importância de seu papel, compreendendo também que o respeito aos negros e sua cultura deve ser trabalhado diariamente e não apenas no dia da consciência negra.
R$ 45,00